CQCS Insurtech & Innovation lança campanha “Eu Vou” nas redes sociais

A cada dia com o avanço da campanha de vacinação contra a Covid-19, a redução no número de casos diários, internados e mortos, fica mais próxima a realização do CQCS Insurtech & Innovation no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de novembro. Por isso, está em ação a campanha “Eu Vou!”

Quem já garantiu sua participação no evento é convidado a participar. Basta enviar sua foto para alexandrina@qerus.com.br para que seja confeccionado seu card com a frase ”eu vou!” e assim você poderá publicar em suas redes sociais e compartilhar com seus colegas que estará presente no maior evento de inovação do mercado de seguros da América Latina.

O fundador do CQCS, Gustavo Doria Filho, diz que restam menos de 50% dos ingressos disponíveis. “Teremos apenas 1.000 participantes presenciais, em virtude do protocolo, mas o evento oferecerá a opção de se assistir as palestras remotamente”, diz ele.  Alguns palestrantes também se apresentarão remotamente.

O CQCS Insurtech & Innovation terá plenárias das manhãs com palestrantes internacionais que já estão confirmados. O evento está baseado em quatro pilares: bem-estar/wellness em que entram seguro de vida, assistência à saúde, investimentos e qualidade de vida;  serão os temas; Vitória da Distribuição em que serão discutidos temas relativos a vendas e todas suas nuances; o Novo Mercado de Seguros  com abordagem sobre Sandbox, SRO, novas abordagens e similares e Super Tech que vai discutir todo o arsenal tech que está turbinando o mercado de seguros mundial.

“O número de patrocinadores vem aumentando diariamente e vamos ultrapassar o número do último evento”, diz o fundador do CQCS.

A campanha “Eu Vou” é uma oportunidade para que os participantes possam conversar e trocar expectativas antes do evento.

O evento contará também com  várias medidas de segurança em função da impermanência do momento. Foi realizada a contratação do Dr. Antonio Bandeira, infectologista, para estruturação do protocolo de prevenção ao Covid-19 no evento. O Dr. Bandeira, dentre outras qualificações, é pós-graduado na Johns Hopkins School of Public Health e fez parte do primeiro grupo a identificar a Zika no Brasil, inúmeros trabalhos publicados sobre Chikungunya, com documentação do primeiro caso de encefalite neonatal no Brasil e formação sólida em Epidemiologia.

Para mais informações sobre o evento acesse: https://cqcsinsurtech.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *